Competência em informação baseada em inteligência

  • Iara Rodrigues de Amorim Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
  • Jorge Calmon de Almeida Biolchini Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Resumo

A pesquisa correlaciona habilidades cognitivas que compõem as inteligências Múltiplas com habilidades informacionais do modelo de Competência em Informação, de modo a contribuir para o desenvolvimento de subsídios para o aprimoramento das competências na utilização da informação no âmbito da saúde. A pesquisa seguiu um delineamento descritivo e qualitativo utilizando como métodos de coleta de dados a revisão bibliográfica convencional aliada à abordagem metodológica de revisão sistemática da literatura. Foram identificadas cento e noventa e cinco características, habilidades e/ou competências essenciais específicas das oito Inteligências Múltiplas e estabelecidas as potenciais correlações com o modelo de Competência em Informação, assim como se evidenciaram as lacunas existentes entre ambas as competências. Para fins de delimitação deste trabalho, optou-se por explorar a Inteligência Linguística – uma das oito que compõem as Inteligências Múltiplas. Pôde-se inferir que a correlação observada entre as habilidades cognitivas que compõem e caracterizam as Inteligências Múltiplas e a Competência em Informação é evidente, de maneira geral, em verbos de ação, os quais caracterizam também o conceito nuclear de cada inteligência ou competência. Assim, pode-se dizer que estes verbos de ação são igualmente importantes para direcionar os processos e conteúdos dos programas de capacitação informacional de usuários leigos, proporcionando o estímulo para ambas as competências – cognitivas e em informação – e contribuindo potencialmente para o aprendizado ao longo da vida. Como resultados obtidos da revisão sistemática da literatura, foram analisadas trinta e nove publicações, sendo considerados sete artigos pertinentes, com especial destaque às pesquisas empíricas relatadas nestes trabalhos. Pode-se concluir que o estímulo às inteligências favorece o desenvolvimento da Competência em Informação, bem como o estímulo à Competência em Informação favorece o desenvolvimento das Inteligências Múltiplas, evidenciando, mais uma vez, a relação de reciprocidade entre ambas as competências.

Palavras-chave: Competência em Informação. Inteligência. Teoria das Inteligências Múltiplas. Promoção da Saúde. Alfabetização em Saúde.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/136/177

Biografia do Autor

Iara Rodrigues de Amorim, Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
Mestre em Ciência da Informação.
Jorge Calmon de Almeida Biolchini, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Publicado
2014-12-30
Seção
Resumos de artigos científicos