Análise da pesquisa científica no setor citrícola a partir de indicadores bibliométricos

  • Cláudia Daniele Souza Universidade Carlos III de Madrid (UC3M), Espanha.
  • Leandro Innocentini Lopes Faria Universidade Federal de São Carlos – UFSCar.

Resumo

O setor citrícola engloba a agricultura das frutas cítricas laranjas, limões, tangerinas e seus diversos híbridos e possui extrema importância econômico-social em mais de 100 países em todos os continentes ao redor do mundo. Enquanto alguns têm mercados locais para frutas frescas, como é o caso da Espanha, Marrocos, Israel, Cuba e África do Sul, outros dependem do processamento e das exportações como uma saída para grande parte de suas produções, como por exemplo, o Brasil, Estados Unidos, China, Índia e México. Os números e as cifras do setor citrícola são expressivos e traduzem sua relevância para a economia mundial, entretanto o conhecimento acerca da mensuração da pesquisa científica e dos indicadores bibliométricos neste setor ainda é uma lacuna a ser preenchida. O objetivo deste artigo é traçar um panorama da produção científica relacionada ao setor citrícola entre os anos 2000 e 2010 e verificar qual a contribuição do Brasil nesse mesmo período. Como procedimentos metodológicos, estabeleceram-se algumas etapas para um melhor desenvolvimento da pesquisa: busca exploratória na base de dados internacional Web of Science (WoS), no intuito de encontrar palavras chave relevantes, agrupamento dos termos, elaboração da expressão de busca, coleta dos registros bibliográficos, pré-tratamento dos dados, análise bibliométrica com o software Vantage Point e por fim, representações gráficas com os softwares Microsoft Office Excel, Ucinet e NetDraw. Como resultados da pesquisa, foram gerados indicadores bibliométricos sobre a evolução das publicações científicas, suas distribuições geográficas no mundo e nas regiões brasileiras, além do mapeamento das relacionamentos que ocorrem com a colaboração científica. Conclui-se que a pesquisa relacionada ao setor citrícola apoia e acompanha a competitividade econômica das suas regiões mais produtoras, com a geração de conhecimentos altamente especializados.

 

Palavras-chave: Bibliometria. Indicadores bibliométricos. Produção científica. Setor citrícola. Citricultura.

 

Link para o texto completo (PDF)

http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/64688

 

 

Biografia do Autor

Cláudia Daniele Souza, Universidade Carlos III de Madrid (UC3M), Espanha.
Doutoranda na Universidade Carlos III de Madrid (UC3M), Espanha.
Leandro Innocentini Lopes Faria, Universidade Federal de São Carlos – UFSCar.
Doutorado em Sciences de L'information Et Communication. Université Paul Cézanne Aix Marseille III, AixMarseille III, França.
Publicado
2015-03-12
Seção
Resumos de artigos científicos