Sistema de Bibliotecas para o Instituto Federal do Amazonas: um modelo de gestão viável

  • Karina Batista de Sales Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Delsi Fries Davok Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Jordan Paulesky Juliani Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Resumo

Pesquisa sobre um modelo conceitual para a construção de um sistema integrado de bibliotecas para o Instituto Federal do Amazonas (IFAM). O Viable System Model (VSM), Modelo de Sistema Viável, é o referencial teórico da pesquisa, um modelo conceitual com o objetivo de representar e descrever as características necessárias e suficientes para gerenciar as organizações com eficiência com base na cibernética frente as complexidades existentes. Pfiffner (2010) afirma que há um crescente interesse em modelos organizacionais alternativos, uma vez que se torna óbvio que os modelos clássicos existentes têm dificuldades de lidar com a complexidade e dinâmica das organizações modernas. A complexidades consideradas são referentes proposta político-pedagógica dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) e do Estado do Amazonas. Pretende-se que o modelo permita visualizar o inter-relacionamento dos elementos do sistema e opção de estrutura para a constituição de um sistema integrado de bibliotecas que algumas instituições podem adotar, considerando a complexidade que as envolvem e o trabalho colaborativo.

Biografia do Autor

Karina Batista de Sales, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Cursando Mestrado Profissional em Gestão de Unidades de Informação pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Possui especialização em Gestão Administrativa na Educação pela Escola Superior Aberta do Brasil - ESAB (2013). Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Amazonas (2010). Atualmente é bibliotecária do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas.

Delsi Fries Davok, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Possui doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000), especialização em Administração - Produtividade e Qualidade Total (1997), especialização em Administração de Empresas (1994), e graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985). Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação (PPGInfo), professora permanente do Mestrado Profissional em Gestão de Unidades de Informação e professora do Curso de Biblioteconomia - Habilitação em Gestão da Informação, da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Foi coordenadora de avaliação institucional da UDESC no período 2010-2013. Tem experiência nas áreas de Biblioteconomia e Administração, com ênfase em Gestão de Unidades de Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: Planejamento e Avaliação de Serviços de Informação, Gestão de Unidades de Informação, Gestão de Projetos, Empreendedorismo e Avaliação Institucional.
Jordan Paulesky Juliani, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Possui graduação em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005), graduação em Ciência da Computação pela Universidade do Vale do Itajaí (1999), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002) e doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC (2008). Foi professor adjunto na Universidade Federal de Lavras - MG (UFLA), lotado no departamento de Administração e Economia. Atuamente é professor adjunto na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) no departamento de Biblioteconomia e Gestão da Informação (atuando na graduação e pós-graduação) e na FEAN (Faculdade Energia), atuando como docente no curso de sistemas de informação. Tem como foco de trabalho e estudo as seguintes áreas: administração de sistemas de informação, gestão da informação e conhecimento, recuperação da informação, inteligência artificial, desenvolvimento de software para a internet e dispositivos móveis, metodologias de desenvolvimento de software, linguagens de programação, banco de dados e administração de empresas de base tecnológica, e-business e e-commerce.
Publicado
2015-06-15
Seção
Pesquisas em andamento