História e experiência dos centros nacionais do ISSN na América Latina

  • Lillian Alvares Ibict.
  • Juliana Bueno Ibict.
  • Nathalie Cornic

Resumo

Apresenta o panorama dos centros nacionais do ISSN na América Latina, região docontinente americano que engloba os países onde são faladas línguas derivadas do latim, sobretudo, espanhol e português. A presença do ISSN na região é baixa. Dos 20 países, apenas 10 tem centros nacionais. Bolívia, Cuba, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, Nicarágua, Panamá, Paraguai e Peru recorrem ao Centro Internacional para solicitar apoio na obtenção do código. Dos que têm, cinco estão nas bibliotecas nacionais: Colômbia, na Biblioteca Nacional de Colômbia; Costa Rica, na Biblioteca Nacional Miguel Obregón Lizano; República Dominicana, na Biblioteca Central de la Universidad Nacional Pedro Henríquez Ureña, no Uruguai, na Biblioteca Nacional del Uruguay e Venezuela, na Biblioteca Nacional de Venezuela. As demais estão em órgão públicos ligados à ciência, tecnologia e educação como Argentina, no Centro Argentino de Información Científica y Tecnológica (Caicyt); Brasil, no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict); Chile, na Comissão Nacional de Investigação Científica e Tecnológica (Conicyt); Equador, na Secretaría de Educación Superior, Ciencia, Tecnología e Innovación e México, no Instituto Nacional del Derecho de Autor. 

 

Palavras-chave: Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas (ISSN). América Latina. Bibliotecas nacionais. Órgãos públicos de educação, ciência e tecnologia.

 

Link para o texto completo em PDF:

http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/2360/1941


Biografia do Autor

Lillian Alvares, Ibict.
Brazilian Science and Technology Information Institute (Ibict), Ministry of Science and Technology MCTI), Brasília, Brazil.
Juliana Bueno, Ibict.
ISSN Brazilian National Center, Brazilian Science and Technology Information Institute (Ibict), Brasilia, Brazil.
Nathalie Cornic
Deputy Head of the Data, Network and Standards Department, ISSN International Centre, Paris, France..
Publicado
2015-11-17
Seção
Resumos de artigos científicos