A Repercussão de Gilles Deleuze na Ciência da Informação

  • Felipe Etelvino Benevenutto
  • Márcia Regina da Silva
  • Solange Puntel Mostafa

Resumo

Ao longo dos últimos anos os conceitos deleuzianos têm se difundido em diversas áreas do conhecimento dada à familiaridade do filósofo com as artes e as ciências, além da filosofia. Como própria filosofia deleuziana outrora afirmou, essa apropriação produz uma geografia do saber que permite a criação do novo. Este estudo tem o objetivo de mapear a inserção deleuziana na área da Ciência da Informação. Para tal, foi realizado um estudo bibliométrico da produção científica indexada em bases de dados nacionais e internacionais com o intuito de levantar indicadores que possam caracterizar a apropriação de preceitos deleuzianos neste Campo. Os resultados apontam as revistas e autores brasileiros mais frequentes na produção científica - filosofia deleuziana e Ciência da Informação. Destaca-se a produção científica desse referencial indexado na Base de dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (Brapci). Brasil é o país com maior campo de estudos entre a Filosofia da Diferença e a Ciência da Informação, fica evidente que a inter-relação procurada tem início no Brasil nos anos 2000 e cresce consistentemente até o ano 2013, com lideranças diferenciadas para o período e representadas por duas universidades do Sul e Sudeste respectivamente.

 

Palavras-Chave: Produção científica e Gilles Deleuze. Ciência da Informação e Deleuze. Bibliometria e Filosofia da Diferença.

 

Link para o texto completo em PDF:

http://dgz.org.br/abr15/Art_02.htm

Biografia do Autor

Felipe Etelvino Benevenutto
Graduação no curso de Ciências da Informação, da Documentação e Biblioteconomia da Universidade de São Paulo.
Márcia Regina da Silva
Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Docente do Departamento de Educação, Informação e Comunicação, USP.
Solange Puntel Mostafa
Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora associada da USP, Ribeirão Preto.
Publicado
2015-11-17
Seção
Resumos de artigos científicos