A inserção de estruturas policêntricas na gestão pública: um olhar sobre o modelo adotado pela Universidade do Estado da Bahia – UNEB

  • Rodrigo José Lima Almeida Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Jorge Antonio Santos Silva Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Resumo

  O presente relato de experiência tem como objetivo apresentar o modelo de gestão por meio de estruturas policêntricas ou redes, introduzido na administração pública, como uma alternativa capaz de atender melhor as diversas demandas sociais. Os pressupostos metodológicos da pesquisa que originou este relato de experiência perpassam sob a ótica da análise qualitativa, com apreciação descritiva e enfoque indutivo, incluindo como alternativas de compreensão, estudos de situações cotidianas divulgados em periódicos sobre essa temática. Tem-se como instituição de análise a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), instituição pública e de grande representatividade no Norte-Nordeste do país, que pioneiramente empregou a metodologia de gestão por meio de estruturas policêntricas ou redes em sua gestão. Como resultados e conclusão, este trabalho mostra que algumas instituições públicas vêm empregando em seu arcabouço as estruturas policêntricas ou redes como alternativas para o melhoramento da gestão, além da afirmação de que se trata de uma ferramenta inovadora para os novos ditames da administração pública.

Palavras-chave: Administração Pública. Redes de Gestão. Estruturas Policêntricas. Universidade do Estado da Bahia - UNEB.

Texto completo em: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/19224/11756

Biografia do Autor

Rodrigo José Lima Almeida, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

 Mestre em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Brasil. Servidor Público do Estado do Tocantins, Brasil. 

Jorge Antonio Santos Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

 Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, Brasil. Professor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Brasil. 

Publicado
2015-12-16
Seção
Resumos de artigos científicos