Escola Nossa Senhora Aparecida: um movimento histórico de luta por escola

  • Vagner Luiz Kominkiéwicz Universidade Federal de Santa Catarina
  • Jéferson Silveira Dantas Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Resumo O referido artigo trata da história da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Nossa Senhora Aparecida, localizada no município de Passos Maia/SC. A escola tem em sua gênese a vinculação com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST. A questão central deste estudo é a omnilateralidade da educação no contexto da luta por escola considerando a educação no MST. Seus objetivos fundamentais são: compreender os elementos que compõe a formação omnilateral em Marx; delinear as principais linhas políticas e os princípios filosóficos e pedagógicos básicos da educação no MST; analisar o movimento da trajetória histórica da escola atentando para os avanços obtidos, bem como os retrocessos tendo como base as linhas políticas; e os princípios da educação no MST bem como a educação omnilateral.

Palavras-chave: Educação omnilateral. Movimento Sem Terra. Formação humana.

Texto completo em: http://periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724614262013187/2570

Biografia do Autor

Vagner Luiz Kominkiéwicz, Universidade Federal de Santa Catarina
Vagner Luiz Kominkiéwicz Especialista em Ciências Humanas e Sociais para escolas do campo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Jéferson Silveira Dantas, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutor em Educação. Professor no Departamento de Estudos Especializados em Educação (EED/CED/UFSC).
Publicado
2015-12-17
Seção
Resumos de artigos científicos