Arranjos produtivos locais e a experiência do BNDES

  • Helena Maria Martins Lastres
  • Cristina Lemos
  • Maria Lúcia Falcón UNB
  • Walsey Magalhães USP

Resumo

Um dos elementos mais marcantes desses primeiros anos do terceiro milênio motivou a elaboração deste artigo: a busca por uma nova geração de políticas para o desenvolvimento produtivo e inovativo, capaz de garantir a inclusão, equidade e sustentabilidade. A análise das políticas implementadas, no Brasil e no mundo, contribui para um aprendizado de alta relevância para a definição de novas propostas para o desenvolvimento sustentável, com maior capacidade de reconhecer e acolher as demandas das regiões menos desenvolvidas, com suas diversidades e especificidades, de forma a efetivamente reduzir desigualdades. Este é o objetivo central do capítulo: identificar o que aprendemos no Brasil, avaliar a experiência específica do BNDES e dar sugestões para o aperfeiçoamento das políticas praticadas.

Palavras-chave: Inovação; Políticas para inovação; Arranjos e sistemas produtivos e inovativos; Financiamento ao desenvolvimento produtivo e inovativo e regional; BNDES

Texto completo em: http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/752/515

Biografia do Autor

Helena Maria Martins Lastres
Pós-doutorado em Inovação e Sistemas Produtivos Locais pela Université Pierre Mendès-France, Grenoble, França; Ph.D. em Desenvolvimento Industrial e Política de Ciência e Tecnologia, SPRU, Sussex University, Inglaterra; Assessora da Presidência e chefe da Secretaria de Arranjos Produtivos e Desenvolvimento Local (SAR) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Cristina Lemos
Doutora em Inovação Tecnológica e Organização Industrial do Programa de Engenharia da Produção, COPPE/UFRJ. Assessora da Presidência, da SAR/BNDES.
Maria Lúcia Falcón, UNB
Doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília (UNB). Assessora da Presidência, da SAR/BNDES.
Walsey Magalhães, USP
Pós-graduado PUC-SP e Fipe/USP, Economista, FEA/USP. Assessor da Presidência e da SAR, BNDES.
Publicado
2015-12-17
Seção
Resumos de artigos científicos