A disseminação da tradição e a preservação da memória coletiva na era digital

  • Caroline Kraus Luvizotto Universidade Estadual Paulista

Resumo

 Este artigo situa a disseminação de tradições e a preservação da memória coletiva diante do contexto teórico mais amplo trazido pelos estudos da cibercultura e das novas tecnologias de informação e comunicação, à luz da modernidade tardia. Nesse contexto, a internet e, em especial, as ferramentas da web 2.0, considerando as suas especificidades e limitações, podem aproximar atores sociais com a mesma vinculação identitária; proporcionar um ambiente para a disseminação e ensino de uma tradição e preservar a memória coletiva de um povo.

Palavras-chave: Tradição; Memória Coletiva; Cibercultura; Era Digital; Modernidade Tardia. 

Texto completo em: http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/781/527

Biografia do Autor

Caroline Kraus Luvizotto, Universidade Estadual Paulista
Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Socióloga. Docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e do Departamento de Ciências Humanas da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Unesp, Campus de Bauru. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa Mídia e Sociedade.
Publicado
2015-12-17
Seção
Resumos de artigos científicos