Preservação de documentos arquivísticos digitais: reflexões sobre as estratégias de encapsulamento

  • Daniel Flores Universidade Federal de Santa Maria
  • Henrique Machado dos Santos Universidade Federal de Santa Maria

Resumo

Os constantes avanços das tecnologias da informação ocasionaram mudanças no que tange à gênese do documento arquivístico, considerado objeto de estudo da arquivologia. Com o surgimento do documento arquivístico digital, houve a necessidade de atualizar as teorias, de forma a contemplar a realidade digital. Surgiram novas abordagens, como a preservação digital, que utiliza procedimentos estruturais e operacionais para preservar os documentos digitais. Este artigo tem por objetivo realizar uma reflexão sobre as estratégias de encapsulamento, discutindo a sua aplicabilidade nos acervos, bem como o seu uso em conjunto com outras estratégias. O método para realizar esta reflexão consiste no levantamento bibliográfico de materiais previamente publicados. Dessa forma, os dados coletados são analisados de forma qualitativa. Este estudo realça as vantagens e desvantagens das estratégias de encapsulamento, apontando lacunas que poderão ser solucionadas com o auxílio de outras estratégias de preservação digital. Por fim, enfatiza-se uma maior aproximação das atividades de preservação digital com a gestão do conhecimento, uma questão que ainda é pouco discutida no âmbito da preservação de documentos arquivísticos digitais.

Palavras-chave: Arquivologia; Documento Arquivístico Digital; Preservação Digital; Encapsulamento; Gestão do Conhecimento.   

Texto completo em: http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/770/535

Biografia do Autor

Daniel Flores, Universidade Federal de Santa Maria
Doutor em Metodologías y Líneas de Investigación en Biblioteconomía y Documentación pela Universidad de Salamanca/España. Professor adjunto do Departamento de Documentação da Universidade Federal de Santa Maria.
Henrique Machado dos Santos, Universidade Federal de Santa Maria
Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
Publicado
2015-12-17
Seção
Resumos de artigos científicos