Análise de citações dos artigos publicados em periódicos da área da Ciência da Informação que versam sobre gestão da informação.

  • Marcia Silveira Kroeff UDESC
  • Fernanda Schmidt Gimenez UDESC
  • Rodrigo Vieira UDESC
  • Adilson Luiz Pinto UFSC

Resumo

Estudo bibliométrico que analisa as citações dos artigos cujo enfoque temático é a gestão da informação, publicados nas revistas indexadas na Base de dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI), de 2000 a 2011. Especificamente objetiva: a) identificar o periódico brasileiro que mais se dedicou à publicação de artigos versando a gestão da informação; b) identificar o autor que mais publicou artigos, sobre a autoria única ou múltipla; c) elencar as palavras-chave mais utilizadas nos artigos; d) verificar autores mais citados, sobre autoria única ou múltipla; e) estudar o comportamento da literatura citada nas referências em relação ao tipo de fonte ou suporte bibliográfico. Para tanto foi utilizado o método da análise de citação, que investiga as relações entre os documentos citantes e os documentos citados, no todo ou em partes. O corpus foi formado por n=195 artigos. O foco central de análise foi o material bibliográfico citado pelos autores nos artigos. Analisou n=4287 (quatro mil duzentas e oitenta e sete) citações. Para auxiliar na análise dos dados foram utilizados os softwares BibExcel, CiteSpace, Statistica 8.0, Dataview, INFOTRANS e Matrisme. Os resultados apontam que o periódico brasileiro que mais se dedicou à publicação de artigos em gestão da informação foi a revista Ciência da Informação, com 13,8% do universo estudado (n=27 artigo de um total de n=195); o período mais expressivo em termos de publicação foram os anos de 2007 e 2008; os autores que mais publicaram artigos foram Marta Lígia Pomim Valentim n=8; Ricardo Rodrigues Barbosa n=7; Isa Maria Freire e Maria Inês Tomael, ambas com n=6; das 833 palavras-chave registradas a “Gestão da Informação” representa 12,12% do total (n=101); os demais termos mais encontrados foram “Gestão do conhecimento” n=37 (4,44%), “Inteligência competitiva ” n=14 (1,68%), “Ciência da informação ” n=12 (1,44%) e “Informação ” n=11 (1,32%). Em relação à análise das citações, os autores mais citados foram: Davenport, T.H. com n=67 citações; Choo, C.W. com n=54; Barreto, A.A. com n=38; Nonaka, I. com n=37; e Valentim, M.L.P. com n=36. O tipo de fonte ou suporte bibliográfico mais citado foram os livros impressos, com n=1518 registros (35,4%), seguido dos artigos de revistas impressas com n=981 (22,8%). A vida média da literatura estudada foi de sete anos. Considerouse que boa parte da literatura consultada não é recente, pelo contrário, os autores mais consultados para o tema são os clássicos na área de Ciência da Informação; por este motivo, o foco ficou concentrado nos livros, sendo sua vida média é intermediária; e os autores citados nos artigos repetem-se constantemente.

Palavras-chave: Bibliometria. Gestão da informação. Análise de citações

Disponível em: http://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/301/397

Publicado
2015-12-18
Seção
Resumos de artigos científicos