Práticas infoculturais em bibliotecas

  • Joana Coeli Ribeiro Garcia Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
  • Edison Ferreira de Macedo Doutor em História pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Bolsista Capes no Pós-Doutoramento do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
  • Bernardina Maria Juvenal Freire de Oliveira Doutora em Letras pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.

Resumo

Apresenta práticas infoculturais institucionalizadas em bibliotecas, destacando mecanismos de gestão, funcionalidade, acessibilidade e formas de atendimento aos usuários, indicativas de mudanças, ocorridas ou desejadas, no tempo e no espaço. O artigo utiliza revisão de literatura sistemática com foco em pesquisa e ações práticas, apresentando-os segundo convergem ou divergem da temática sem centrar em países ou instituições, embora estes sejam nomeados sempre que necessário. As análises teórico/metodológicas constatam a existência de ações diversificadas e levam a refletir as mutações na dinâmica do processo cultural em sua diversidade, desde os que ainda merecem cuidados até os exitosos. Espera-se que as experiências possam ser seguidas das adequações necessárias; que o sonho de se encontrar em todas as bibliotecas práticas que proporcionem a mudança de indivíduos em cidadãos seja uma constante; e que se disponha de bibliotecas efervescentes em ações, retirando a Biblioteconomia e o bibliotecário tradicional do anonimato. Em suma, que o sonho se torne realidade. Palavras-chave: Práticas informacionais. Práticas culturais. Responsabilidade social - bibliotecas.Link: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/29/13754
Publicado
2016-07-27
Seção
Resumos de artigos científicos