Nas causas de um sintoma social o bibliotecário atua: a mediação e uso da informação como fonte de interposição sobre o vírus HIV

  • Alessandra Nunes de Oliveira Universidade Federal do Pará
  • Jetur Lima de Castro Universidade Federal do Pará

Resumo

Trata da importância que o profissional bibliotecário possui como mediador da informação, frente à realidade dos casos sociais, no que se refere aos conceitos sobre o HIV/AIDS. E a sua seriedade em grupo, para levar assistência através das informações, como alicerces contra as crendices e equívocos a respeito do vírus HIV. A temática é relevante para todas as áreas, pois, apresenta as discussões sobre os preconceitos e mitos no início dos anos 80. Sobretudo tem seus objetivos pautados em abordar a formação social dos próprios profissionais da informação, sobretudo a contribuição do bibliotecário diante de ações sociais concernentes ao contexto e a disseminação do vírus HIV. A metodologia utilizada foi exploratória sobre uma revisão bibliográfica dos, Almeida Júnior (1997) e Marques (2002), entre outros. Em resumo a pesquisa utilizou duas fontes de informações como as bases a MEDLINE, e BVS em que buscou artigos publicados na década de 80, dentre outros encontrados artigos referentes às drogas inibidoras do Vírus HIV entre elas a chamada Zidovudine (AZT). Os resultados mostram a falta de informação, o preconceito no qual ainda perduram no contexto social. Porquanto os profissionais da informação, neste ponto ressalto o bibliotecário, que é imprescindível neste contexto, onde contribui com os profissionais da saúde, para tirar as incertezas, auxiliando nas informações convalidadas para os próprios portadores do vírus e a sociedade.

Palavras-chave: Mediação da informação; Ação social; Profissional da informação; Bibliotecário; HIV.

Link: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8635038

Publicado
2016-07-27
Seção
Resumos de artigos científicos