A redefinição da biblioteca no século xxi: de ambientes informacionais a espaços de convivência

Resumo

As constantes transformações ocorridas ao longo dos tempos representam fatores interferentes no posicionamento e na estruturação das bibliotecas, de modo que essas instituições redefinem constantemente seus produtos e serviços oferecidos à sociedade. A trajetória histórica da biblioteca demonstra que ela é uma unidade adaptativa, adquirindo novas características a partir das tendências e exigências dos usuários e das inovações tecnológicas. Assim, este artigo objetiva demonstrar o novo cenário que se idealiza para a biblioteca do futuro, na percepção da literatura e de bibliotecários. Para tanto, o estudo apresenta a evolução da biblioteca ao longo dos anos; expõe os serviços e produtos oferecidos com base nas novas tecnologias; discorre acerca das atividades culturais e entretenimento realizadas nos espaços informacionais; e, por fim, reflete a opinião de bibliotecários quanto às atividades culturais/sociais realizadas nas bibliotecas. Através de pesquisa bibliográfica e estudo aplicado a bibliotecários, os resultados confirmaram que, no presente, a biblioteca extrapolou sua função meramente informacional, exercendo também funções sociais. Presume-se que no futuro, a biblioteca ampliará suas funções deixando de ser um ambiente meramente informacional para transformar-se em espaços de convivência.

PAalavras-chave: Bibliotecas híbridas. Evolução tecnológica. Função informacional – Bibliotecas. Função social - Bibliotecas.

Link: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8641701/pdf

Biografia do Autor

Jorge Santa Anna, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Professor de Departamento de Biblioteconomia da UFES. Vitória, Espírito Santo - Brasil.  

Publicado
2016-11-07
Seção
Resumos de artigos científicos