Processo de etiquetagem para implantação da tecnologia RFID na Biblioteca do Centro Universitário Univates

Resumo

A tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) tem se destacado como uma ferramenta para automação, segurança e gestão de acervos de bibliotecas. O presente artigo descreve o processo inicial de implantação da tecnologia RFID no acervo da Biblioteca do Centro Universitário Univates (UNIVATES), evidenciando os recursos humanos e de informática envolvidos. O tempo entre planejamento e execução da gravação e etiquetagem ocorreu no período de novembro de 2013 a março de 2014. Conclui-se que processo de preparação do acervo para receber esta tecnologia é demorado e custoso, entretanto, o adequado planejamento, assim como a utilização de recursos da tecnologia da informação que possibilitem gerenciar todo o processo, permitem maior confiabilidade e agilidade. 

Palavras-chave: Identificação por radiofrequência. Biblioteca Universitária. Segurança. Fluxo detrabalho. Tecnologia da Informação.

Link: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8641634/pdf

Biografia do Autor

Nalin Ferreira da Silveira, FURG

Formada em Biblioteconomia pela UFRGS, com especialização em Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação pela FURG. Porto Alegre, Rio Grande do Sul – Brasil

Willian Valmorbida, Centro Universitário Univates

Mestre em Computação Aplicada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Professor do Centro de Ciências Exatas e Tecnológica do Centro Universitário Univates. Lajeado, Rio Grande do Sul – Brasil

Publicado
2016-11-07
Seção
Resumos de artigos científicos