Implantação do Sistema Kanban como instrumento de controle de documentos

  • Marcelo Cavaglieri UDESC
  • Jordan Paulesky Juliani UFSC

Resumo

Uma gestão documental eficiente traz diversos benefícios, não apenas ao profissional, mas, principalmente, aos gestores das empresas que podem usufruir de tais informações nas tomadas de decisão para desfrutar de vantagens competitivas acerca dos concorrentes. Tendo em vista que a eficácia é uma busca constante de qualquer empresa a fim de atingir os objetivos estratégicos e melhorar as técnicas que possibilitem mais produtividade com o uso de menos recursos financeiros. Nesse sentido, buscou-se aplicar o sistema Kanban na gestão de arquivos do Grupo Santa Fé, uma vez que é preciso melhorar os processos atuais, com menos desperdícios e mais eficiência, tendo em vista a necessidade de atender o cliente com mais eficácia diante de suas necessidades informacionais. Quanto ao método utilizado, caracteriza-se por ser uma pesquisa-ação, de abordagem quali-quantitativa, classificada como exploratória e descritiva. Entre os resultados obtidos da pesquisa realizada, destaca-se, de forma quantitativa, a redução de desperdícios financeiros, tempo no processamento das atividades e também aumento de retorno dos documentos emprestados. De forma qualitativa, destaca-se um melhor ambiente de trabalho com práticas da gestão visual para comunicação das informações e aumento da eficiência do serviço prestado, gerando mais satisfação do cliente.

Palavras-chave: Lean Archives. Kanban. Arquivo Empresarial. Gestão Documental. Gestão da Informação.

Link: https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/595

 

Biografia do Autor

Marcelo Cavaglieri, UDESC
Mestre em Gestão de Unidades de Informação pela UDESC Especialista em Gestão Empresarial pela FMP
Jordan Paulesky Juliani, UFSC

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC
Professor do Programa de Pós-Graduação em Gestão da
Informação da UDESC

Publicado
2016-12-29
Seção
Resumos de artigos científicos