Produção científica sobre a temática "gestão de bibliotecas” contemplada na Base de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI): reflexões à luz da literatura

  • Jorge Santa Anna Santa Anna UFES

Resumo

As unidades e os serviços de informação situam-se em um contexto de intensa redefinição. Os reflexos provocados com a adesão às novas tecnologias permitem um fluxo contínuo de alterações em que, ao passo que surgem novos produtos e serviços, provoca-se obsolescência de outros. As tecnologias contemporâneas têm o potencial, em grande parte, de realizar os procedimentos técnicos anteriormente realizados por humanos. Contudo, enquanto os fazeres técnicos são substituídos por máquinas, outros problemas surgem, o que requer a intervenção humana, no sentido de gerenciar atividades e processos de trabalho, tecnologias e relações humanas. Assim, este artigo analisa o que vem sendo publicado a respeito do assunto “Gestão de Bibliotecas”, por decorrência, analisando o papel do bibliotecário gestor. Reflete acerca dos processos de trabalho que orientam as atividades em uma biblioteca. Descreve o papel do bibliotecário ao deixar o perfil técnico para habilitar-se como gestor. Realiza levantamento bibliográfico na Base de Periódicos em Ciência da Informação, através dos descritores “Gestão de Bibliotecas” e “Gestão de Unidade de Informação”. Conclui-se que, embora a produção científica a respeito dessa temática tem aparecido na literatura, a maioria dos trabalhos analisados ainda está focada nos procedimentos técnico-operacionais. Constatou-se que os estudos analisados abordam com maior intensidade a gestão das atividades e processos de trabalho e gestão com foco nas tecnologias utilizadas na unidade, sendo bastante escassas as discussões acerca da gestão do fator humano nos ambientes e serviços de informação.

Palavras-chave: Novas tecnologias. Gestão de Bibliotecas. Bibliotecário gestor. Liderança. Perfil humanista.

Link: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1093/pdf

Publicado
2016-12-29
Seção
Resumos de artigos científicos