Tecnologias criativas em bibliotecas: concepções transversais.

  • Roosewelt Lins Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • Maria Cristina Biasuz Instituto de Artes e Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • Valdir Jose Morigi Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Resumo

A proposta deste texto é conceber a biblioteca como um território de experimentações criativas agenciadas pelas tecnologias e redes digitais. Buscamos sustentação teórica nas investigações sobre os processos de produção de subjetividade a partir de uma perspectiva heterogenética para problematização dos dispositivos tecnológicos nas bibliotecas. A discussão dessas abordagens permitiram reconfigurar a biblioteca como equipamento coletivo de práticas criativas e transversais através de experimentações tecnoestéticas. Assim, propomos o conceito de Tecnologias Criativas em Bibliotecas para ampliação do debate acerca dos dispositivos tecnológicos como potência estética nas bibliotecas. Palavras-chave: Tecnologias Criativas. Bibliotecas. Produção de Subjetividade. Heterogênese. Transdisciplinaridade. Link: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/28547

Biografia do Autor

Roosewelt Lins Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Mestre em Engenharia de Eletricidade. Doutorando em Informática na Educação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.

Maria Cristina Biasuz, Instituto de Artes e Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Doutora em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Professora do Instituto de Artes e Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.

Valdir Jose Morigi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Doutorado em Sociologia. Professor da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.

Publicado
2017-05-29
Seção
Resumos de artigos científicos