Mídias sociais em tempos de bibliotecas 2.0: um estudo em Bibliotecas das instituições federais de ensino brasileiras trazendo perspectivas futuras para a preservação digital

  • Laura Vilela Rodriges Rezende Universidade Federal de Goiás
  • Dalton Lopes Martins Universidade Federal de Goiás
  • Marcel Ferrante Silva Universidade Federal de Goiás

Resumo

O presente estudo apresenta o estado da arte da sociabilidade online das Bibliotecas Universitárias das Instituições Federais de Ensino (IFES) brasileiras destacando a importância da preservação digital no âmbito destes recursos interativos digitais, ou seja, a Web 2.0. Pretende-se discorrer sobre os principais desafios no tocante à participação social na Web por parte das bibliotecas, bem como as transformações em relação à atuação destas instituições, especialmente as relações com seu público. A pesquisa realizou um levantamento de caráter quantitativo acerca do uso, por parte das bibliotecas das IFES brasileiras, dos principais recursos interativos digitais. O levantamento buscou identificar o caráter da interação social, grau de envolvimento e participação destas bibliotecas em plataformas interativas digitais. Tal investigação se faz necessária como embasamento à urgente necessidade de sensibilização destas instituições brasileiras quanto à preservação digital, não somente dos seus acervos, mas também dos relevantes registros das relações estabelecidas entre estas e seu público por meio de ferramentas Web 2.0. Os resultados demonstram que a maioria das universidades públicas utilizam ferramentas da Web 2.0 com enfoque social, sendo a maior adoção do Facebook (43%) e do Twitter (29%), porém apenas 5% delas usa esse meio de comunicação para fazer divulgação dos acervos. Dessa forma, o uso de mídias sociais pelas bibliotecas das universidades públicas tem ainda muito a se desenvolver.
Palavras-chave: Biblioteca 2.0. Instituições Federais de Ensino Superior (IFES). Web Social. Preservação Digital.
Link: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8646312/pdf
Publicado
2017-05-29
Seção
Resumos de artigos científicos