A tipologia documental como parâmetro para organização de documentos contábeis

  • Luiz Antonio Santana da Silva UNESP

Resumo

Os documentos têm por objetivo provar as ações contábeis; e , atualmente, apresentam diversidade de suportes, espécies e tipos documentais. Nesse sentido, esta pesquisa comunicação tem por escopo discutir a aplicação da tipologia documental na dimensão contábil à luz dos estudos arquivísticos. Analisa-se as características entre o documento de arquivo e o documento contábil. Apresenta a relação das espécies e dos tipos documentais mais recorrentes nas entidades contábeis, mencionadas na resolução do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), bem como em sua Tabela de Temporalidade Documental e no Manual de Operações Contábeis do SEBRAE, a fim de destacar a aplicação da tipologia documental como parâmetro para a organização de seus arquivos. Ressalta-se o papel do profissional de arquivo nesse processo, mediando aspectos jurídicos, princípios e métodos arquivísticos para lidar com documentação proveniente do quefazer contábil. Estabelece-se um diálogo salutar entre a Arquivologia e as Ciências Contábeis, com vistas à reflexão sobre a produção documental em tal dimensão e sua organização nos moldes arquivísticos.  Tal diálogo torna-se um aporte teórico-metodológico para as duas áreas.Palavras-chave: Arquivologia. Documentação contábil. Tipologia Documental.
Link: https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/621/pdf

Biografia do Autor

Luiz Antonio Santana da Silva, UNESP
Arquivista, Mestre e doutorando em Ciência da Informação, Universidade Estadual Paulista, UNESP, Campus de Marília - São Paulo.
Publicado
2017-05-29
Seção
Resumos de artigos científicos