Redes sociais virtuais na sociedade da informação e do conhecimento: economia, poder e competência informacional

  • Edna Angelo Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais.

Resumo

Este artigo tem como objetivo fazer um apanhado teórico a respeito das redes sociais virtuais a fim de contextualizar sua conjuntura na sociedade contemporânea. Conclui-se que por meio das redes sociais virtuais, certamente o usuário não será capaz de dominar o universo informacional tornando-se autônomo para designar habilidades ligadas ao uso da informação e criando soluções para seus problemas para se denominar competente informacional. No entanto, pode se apresentar como uma porta de entrada para interagir com a tecnologia e procurar novas fontes de informação, rumo à aquisição de novos conhecimentos. O mundo "business", por sua vez (empresas e marcas), caminha para encará-la de forma cada vez mais séria e profissional. É aí que está à comunicação da nova "era do conhecimento": será no mundo virtual que os consumidores e marcas dialogarão.

Palavras-chave: Redes sociais virtuais. Economia da informação. Competência informacional.

Link: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/download/42487/31603

Publicado
2017-05-29
Seção
Resumos de artigos científicos