Gestão hospitalar: economias de escala geradas por inovação tecnológica em um hospital na região metropolitana do Vale do Paraíba

  • Jorge Luiz Knupp Rodrigues Universidade de Taubaté
  • Francisco de Assis Coelho Universidade de Taubaté
  • José Carlos Simões Florençano Universidade de Taubaté

Resumo

Este trabalho de pesquisa tem como objetivos identificar programas de incentivos ao desenvolvimento tecnológico para as organizações hospitalares, pesquisar os investimentos da organização hospitalar estudada e do governo e verificar a ocorrência de economia de escala na prestação dos serviços de saúde resultante desses investimentos. A pesquisa desenvolvida é de natureza aplicada, com finalidade descritiva e abordagem qualitativa. Os procedimentos técnicos para consecução do objetivo foram a pesquisa bibliográfica e o estudo de caso. O estudo possibilitou a identificação de órgãos do governo responsáveis por promover programas de inovação na saúde, identificando qualitativamente e quantitativamente os investimentos na organização estudada. Foi constatado que houve investimentos somente por parte do governo, não ocorrendo aumento no atendimento que possibilitasse a identificação de economia de escala. O trabalho demonstrou que o governo brasileiro tem investido em inovação no sistema de saúde e que possui órgãos responsáveis por promover inovação tecnológica. Embora não tenha ocorrido economia de escala, em virtude dos investimentos feitos pelo governo, fica implícito um desafio aos gestores das organizações hospitalares, quanto à apresentação de vários casos de implementação de inovação tecnológica de sucesso em organizações hospitalares e no sistema de saúde em geral.

Palavras-chave: Gestão Hospitalar. Economia de escala. Inovação tecnológica. Investimentos na saúde. Organizações hospitalares.

Lik: http://periodicos.ufpb.br/index.php/pgc/article/view/23633/16523

Biografia do Autor

Jorge Luiz Knupp Rodrigues, Universidade de Taubaté
Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil. Professor da Universidade de Taubaté, Brasil.
Francisco de Assis Coelho, Universidade de Taubaté
Doutor em Ciência pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica, Brasil. Professor da Universidade de Taubaté, Brasil.
José Carlos Simões Florençano, Universidade de Taubaté
Doutor em Ciências Ambientais pela Universidade de Taubaté, Brasil. Professor da Universidade de Taubaté, Brasil.
Publicado
2017-06-21
Seção
Resumos de artigos científicos