A Biblioclastia no início do século XXI: duas faces de uma tragédia

  • Josiel Machado Santos Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

Como resultado de dois acontecimentos que marcaram o cenário internacional no início da última década – um tsunami e uma guerra -, o artigo aborda a situação em relação às perdas humanas, físicas e principalmente danos causados em vários países da Ásia pelo “Tsunami” e pela guerra no Iraque, às suas bibliotecas e ao sistema escolar. As consequências desses dois desastres impactaram negativamente no mundo da cultura, seja pelo atraso ou pelas grandes perdas que tem significado por um lado, um desastre natural, e, por outro, o terrível flagelo da guerra. A grande diferença é que o primeiro foi causado pela própria natureza, e o segundo, pela mão do próprio homem com a intenção de provocar um “memoricídio”. Ambos, no entanto, são exemplos do que os gregos chamavam de “biblioclastia”, isto é, a destruição de bibliotecas.
Palavras-chave:Bibliotecas. Biblioclastia. Desastres naturais. Destruição de bibliotecas.
Link: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1167
Publicado
2017-06-21
Seção
Resumos de artigos científicos