A tecnologia assistiva como apoiadora no processo de ensino-aprendizagem de crianças com deficiência intelectual: contribuições da literatura

  • Lenara Ventura DOT digital group.
  • William Barbosa Vianna UFSC
  • Jéssica Bedin UFSC

Resumo

O objetivo desse estudo é identificar na literatura como a Tecnologia Assistiva (TA) tem contribuído nos processos de aprendizagem de crianças com deficiência intelectual, tendo em vista o potencial desses recursos de ajuda técnica como ferramentas facilitadoras no aprendizado. A metodologia utilizada foi a busca nas bases de dados: SciELO, BRAPCI, Web of Sciency, Google Acadêmico e Google Books e os termos associados à deficiência intelectual, crianças com essa deficiência, tecnologia assistiva e educação. Os resultados indicaram um portfólio reduzido mas relevante para compreensão do tema e posteriores desenvolvimentos no âmbito da Ciência da Informação.

Biografia do Autor

Lenara Ventura, DOT digital group.
Bibliotecária. Monitora na DOT digital group - IEA e-Learning 
William Barbosa Vianna, UFSC
Professor do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de  Santa Catarina. Área de Gestão da Informação
Jéssica Bedin, UFSC
mestre em Ciência da Informação (2017), especialista em Gestão de Bibliotecas Escolares (2015) e bacharel em Biblioteconomia (2014) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Participa do Laboratório de Estudos em Biblioterapia, Bibliotecas Escolares e Leitura (LEBBEL) e do grupo de pesquisa Gestão Estratégica da Informação, Empreendedorismo e Inovação. Integra a Diretoria da Associação Catarinense de Bibliotecários (ACB), gestão 2016-2017, na função de Assessora dos Grupos Especializados
Publicado
2017-12-29
Seção
Pesquisas em andamento