Regime de Informação em um Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital

  • Emy Porto Bezerra UFCG
  • Isa Maria Freire UFPB

Resumo

Aborda a ambiência das ações de informação no regime de informação de um laboratório de pesquisa em Ciência da Computação. Nesse sentido, objetiva explorar os limites e as mediações dessa forma de vida acadêmica a partir do conceito de Regime de Informação proposto por González de Gómez (2012). Foram identificados atores, artefatos e dispositivos do Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital da Universidade Federal da Paraíba, campo empírico da pesquisa. No processo de investigação está em pauta a busca por indícios de como as ações contribuem para um processo de inteligência coletiva entre os atores sociais do laboratório. Foi adotada a pesquisa documental como método de coleta de dados, assumindo o valor de um site como um documento passível de análise. Como resultados parciais foi observado que as ações desenvolvidas no laboratório não estão efetivamente representadas na sua interface na Internet, sugerindo necessidade de aprimorar a comunicação da informação sobre o laboratório, de modo a potencializar seu efetivo uso pela comunidade acadêmica.

Biografia do Autor

Emy Porto Bezerra, UFCG
Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Professor da Universidade Federal de Campina Grande, Brasil. Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
Isa Maria Freire, UFPB
Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil. Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba, Brasil.
Publicado
2017-11-10
Seção
Pesquisas em andamento