A Redefinição da Biblioteca Universitária à Luz dos Paradigmas da Biblioteconomia e Ciência da Informação: um estudo de caso

  • Jorge Santa Anna Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Elizabeth de Oliveira Costa Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Apresenta as contribuições advindas da Biblioteconomia e Ciência da Informação quanto às práticas profissionais realizadas em uma biblioteca universitária. Objetiva identificar os pontos paradigmáticos observados na referida unidade de informação, a partir dos paradigmas que sustentam essas duas áreas do conhecimento, discorridos na literatura. Com esse propósito, o estudo caracteriza as bibliotecas universitárias na modernidade; apresenta os paradigmas da Ciência da Informação e Biblioteconomia; e, por fim, investiga a política institucional, os produtos e serviços realizados nessa biblioteca, identificando pontos paradigmáticos que os sustentam. Por meio da revisão de literatura e da análise e discussão dos dados coletados em campo, constatou-se que a maioria dos paradigmas adotados pela biblioteca universitária pertence à Biblioteconomia, tais como: foco no acervo documental, pouca preocupação com o usuário, maioria dos itens centra-se em livros impressos, atuação tecnicista, atividades de cunho meramente informacional e pouca interação entre setores e gestão dos fluxos de informação. Apenas dois paradigmas são frutos da Ciência da Informação, a saber: preocupação acentuada com a recuperação da informação e tendência à informatização. Sugere-se a elaboração de um plano de ação, oriundo de um planejamento bem estruturado, a fim de reformular a política institucional, redefinindo e ampliando as práticas bibliotecárias, tendo como base, a fusão dos paradigmas dessas duas áreas.

Palavras-chave: Paradigmas. Biblioteca Universitária. Biblioteconomia. Ciência da Informação. Práticas profissionais.

Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/cir/article/view/3746/3030

Biografia do Autor

Jorge Santa Anna, Universidade Federal de Minas Gerais
Universidade Federal de Minas Gerais
Maria Elizabeth de Oliveira Costa, Universidade Federal de Minas Gerais
Universidade Federal de Minas Gerais
Publicado
2018-05-07
Seção
Resumos de artigos científicos