Superação da desigualdade pelo letramento digital

Resumo

O presente artigo descreve a implementação dos telecentros no âmbito do programa Floresta Digital, da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre. Para reduzir os gargalos socioeconômicos do estado, a Divisão de Inclusão Digital idealizou espaços onde, além do acesso à internet, a comunidade pode ser capacitada. Um dos pontos-chave do projeto, financiado pelo governo estadual, é o atendimento dirigido a alunos das escolas públicas, com oferta de oficinas e cursos de qualificação profissional gratuitos. Em dois anos, quase 8 mil estudantes de 12 a 20 anos foram beneficiados. O texto discute as principais conquistas do projeto e aponta os desafios de melhorar os indicadores socioeconômicos por meio da inclusão digital.

Palavras-chave: Inclusão digital. Educação  Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre. Capacitação profissional.

Link: http://revista.ibict.br/inclusao/article/view/3868

Biografia do Autor

Raimundo Marcelo Ferreira Nascimento, Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre.
Responsável pelo projeto Telecentro Parque, da Divisão de Inclusão Digital do Estado do Acre.
Publicado
2018-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos