Classificação e descrição arquivística como atividades de organização e representação da informação e do conhecimento

  • Luciane Paula Vital Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Graziela Martins de Medeiros Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Marisa Brascher UFSC

Resumo

Esse artigo busca discutir e relacionar os processos de Organização e Representação da Informação e do Conhecimento (ORIC) com as funções de classificação e descrição arquivística. Discorre sobre como a representação ocorre nessas duas funções, seus processos, e produtos. Para isso desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa, teórica e bibliográfica, que partiu especialmente da literatura científica brasileira e de autores internacionais que contribuem para esse entendimento. Para a análise, adotou-se a proposta de Bräscher e Café (2008, 2010), que distinguem Organização e Representação da informação (ORI) e Organização e Representação do Conhecimento (ORC). Os resultados mostram que a abordagem pós-moderna da arquivologia apresenta uma nova forma de pensar o contexto de produção, organização e representação dos documentos arquivísticos e que isso se reflete nas funções de classificação e descrição. A organização e representação da informação são mais marcantes na descrição, enquanto a organização e representação do conhecimento se aplicam à classificação, de forma mais evidente. Concorda-se que a organização e representação da informação e do conhecimento em documentos arquivísticos têm bases teóricas e metodológicas comuns à Ciência da Informação.

Palavras-chave: Organização e Representação da informação. Classificação Arquivística. Descrição Arquivística.

Link: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/bjis/article/view/7507

Biografia do Autor

Luciane Paula Vital, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
UFSC
Graziela Martins de Medeiros, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
UFSC
Marisa Brascher, UFSC
UFSC
Publicado
2018-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos