Apropriação da filosofia de Deleuze na ciência da informação: um estudo quantitativo

  • Igor Soares Amorim UFSC
  • Marisa Brascher Basilio Medeiros UFSC

Resumo

Caracteriza-se a apropriação da Filosofia deleuziana na Ciência da Informação (CI), por meio de revisão de literatura e tratamento métrico de artigos coletados na base de dados (Brapci) e Library and Information Science Abstract (LISA). Parte-se da oposição entre “escola” e “movimento” a fim de identificar por qual das duas vias a Ciência da Informação (CI) se apropria da Filosofia de Deleuze. Para tanto, a CI é descrita no contexto das Ciências Sociais e por suas relações inter e transdisciplinares com outros saberes, destacando seu laço com a Filosofia. Os resultados revelam o início de uma conexão que se torna mais comum na última década. Conclui-se que a apropriação que a CI faz da filosofia de Deleuze é orientada pela ideia de “movimento”.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Deleuze. Filosofia. Métricas. Institucionalização.

Link: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/122824/133616  

 

Biografia do Autor

Igor Soares Amorim, UFSC
Doutorando em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina–UFSC.
Marisa Brascher Basilio Medeiros, UFSC
Doutora em Ciências da Informação pela Universidade de Brasília –UnB. Professor Ajunto da Universidade Federal de Santa Catarina–UFSC
Publicado
2018-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos