As transformações da memória indígena na contemporaneidade

  • Rodrigo Piquet Saboia de Mello UFRJ
  • Ione Helena Pereira Couto UNIRIO

Resumo

O artigo estabelece uma discussão dos estoques informacionais produzidos em meio digital pelo Programa de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas - PROGDOC, organizados e difundidos pelo Museu do Índio/Fundação Nacional do Índio em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - UNESCO e pelos centros de documentação em áreas indígenas, tendo como objetivo principal trilhar os diferentes suportes da memória indígena: da memória oral, passando pela memória documental fomentada pelo Estado e a memória auto-referente, na qual os retratados são os mesmos que realizam o registro documentário, ou seja, os próprios povos indígenas e o contexto político-institucional que possibilitou o Programa.

Palavras-chave: Programa  de  Documentação  de  Línguas  e  Culturas  Indígenas. Indigenismo. Documentação. Memória. Fundação Nacional do Índio-FUNAI. 

Link: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/132904/133892

Biografia do Autor

Rodrigo Piquet Saboia de Mello, UFRJ

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia –IBICT/UFRJ; Chefe do Núcleo de Informação Científica do Museu do Índio.

Ione Helena Pereira Couto, UNIRIO

Doutora em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro –UNIRIO; Coordenadora de Patrimônio Cultural do Museu do Índio.

Publicado
2018-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos