O Digital Object Identifier (DOI) em periódicos científicos eletrônicos de Comunicação e Informação

  • Erik André de Nazaré Universidade Federal do Pará http://orcid.org/0000-0003-3624-1992
  • Antônio Afonso Pereira Júnior Universidade Federal de Minas Gerais
  • Cristiane Marina Teixeira Girard Universidade Federal de Rondônia
  • Carla Daniella Teixeira Girard Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) Campus de Paragominas

Resumo

O presente estudo busca investigar a utilização do Digital Object Identifier (DOI) nos periódicos científicos de Biblioteconomia e Ciência da Informação e, proporcionando novas utilidades de integração com a Plataforma Lattes. Neste sentido, objetiva-se informar os títulos existentes em Biblioteconomia e Ciência da Informação em formato eletrônico, demonstrar a importância do DOI na integração com a Plataforma Lattes visando à garantia de credibilidade autoral e analisar as características das publicações que possuem DOI. A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste estudo é bibliográfico, pesquisa com característica explicativa-descritiva. A partir do desenvolvimento da pesquisa, infere-se que de todos os periódicos analisados (33 periódicos), 10 títulos na avaliação de 2013 e 06 títulos da avaliação de 2014 apresentam o DOI em suas publicações, todas possuem classificação WebQualis, Qualis A1 na área de Comunicação e Informação. Em sua maioria as publicações são internacionais e apenas 3 títulos são nacionais. Torna-se necessário que os periódicos principalmente os nacionais acompanhem as novas tecnologias como o DOI para objetos e o ORCID para a identificação de pessoas, trazendo mais mecanismos que garantem credibilidade dos autores e para trazer conecção dos pesquisadores, e ambos já podem ser adotados na Plataforma Lattes.

Palavras-chave: Identificador de objeto digital. Biblioteconomia. Ciência da informação. Periódicos científicos.

Link: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8646260/pdf

Biografia do Autor

Erik André de Nazaré, Universidade Federal do Pará
UFPA
Antônio Afonso Pereira Júnior, Universidade Federal de Minas Gerais
Especialização em Arquitetura e Organização da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil(2011)
Bibliotecário da Universidade Federal de Minas Gerais , Brasil
Cristiane Marina Teixeira Girard, Universidade Federal de Rondônia
Especialização em MBA em Gestão do Conhecimento pela AVM Faculdade Integrada, Brasil (2016). Bibliotecária-Documentalista da Universidade Federal de Rondônia , Brasil
Carla Daniella Teixeira Girard, Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) Campus de Paragominas
Possui Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Especialização em Docência da Educação Superior pela Universidade do Estado do Pará (UEPA) e Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Atualmente é Gerente Administrativa da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) no Campus de Paragominas. Trabalhou como Bibliotecária-Documentalista na Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) no Campus de Oriximiná e foi Professora Colaboradora do PARFOR, atuando principalmente nos seguintes temas: Memória, Organização, Acesso e Uso da Informação. É Graduanda em Pedagogia pela Universidade do Norte do Paraná (UNOPAR) e estuda Complementação Pedagógica em Letras pela Faculdade Educacional da Lapa (FAEL). É Coordenadora do Projeto Cine Mais Biblio da UFRA.
Publicado
2018-06-28
Seção
Resumos de artigos científicos