Arquitetura da informação e principios de usabilidade: proposta de um modelo de análise e desenvolvimento para websites de turismo LGBTQ

  • Jean Fernandes Brito Discente de mestrado do Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação (PGCIN) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Márcio Matias Professor Doutor do Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação (PGCIN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Resumo

A proposta geral dessa pesquisa é propor um modelo de análise e desenvolvimento para websites de turismo LGBTQ com base das abordagens teóricas da Arquitetura da Informação e os princípios de usabilidade. A pesquisa tem como base as abordagens do método quadripolar, interagindo-se com os polos teórico, epistemológico, técnico e morfológico. Para a análise do objeto de estudo e o alcance dos resultados esperados, serão analisados os elementos da Arquitetura da Informação e de usabilidades em sete websites de turismo LGBTQ. Por meio do pré-teste notamos que os websites carecem de um sistema de rotulagem e de navegação capaz de estruturar as mensagens a serem disseminadas, com o uso adequado da convergência de linguagens e da Arquitetura da Informação. Como resultado da análise bibliográfica infere-se que os estudos em Arquitetura da Informação têm indicado que, se o projeto de construção de um ambiente digital é sistematizado a partir dos aparatos teóricos e práticos da Arquitetura da Informação, maiores serão a eficiência e eficácia no uso das informações. Conclui-se que a utilização de ambientes informacionais digitais para a disponibilização de informações turísticas para o público LGBT torna-se relevante, tendo em vista seu caráter informativo e a maior aproximação da instituição com seus usuários a partir desse ambiente colaborativo.

Publicado
2018-06-04
Seção
Pesquisas em andamento