Informação e autonomia: a presença das tecnologias da informação e da comunicação na vida cotidiana

  • Eliane Apolinário Vieira Avelar Universidade Federal de Minas Gerais
  • Alcenir Soares dos Reis Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

  • Este ensaio teórico apresenta uma reflexão sobre o uso das tecnologias da informação e da comunicação (TICs) na vida cotidiana e também sobre os impactos da velocidade tecnológica na sociedade atual. As TICs têm alterado sistematicamente diversas facetas da vida humana nas últimas décadas, ampliando a complexidade da estrutura institucional das comunidades. Contudo, esse novo contexto tende a beneficiar as classes dominantes, que usualmente contam com acesso bem mais facilitado a tais tecnologias, deixando algumas pessoas a margem desse processo, como exemplo, sujeitos da educação de jovens e adultos (EJA). De forma concreta, é preciso identificar as potencialidades de desenvolver ações que conduzam a alternativas e/ou minimizem o caráter excludente que marca a realidade brasileira para esse grupo. Dessa forma, é importante permite-lhes a obtenção de instrumental tecnológico que lhes propicie avançar para além da leitura e escrita, com a incorporação e domínio das TICs, a fim de que possam exercer de forma plena sua autonomia.

Palavras-chave: Tecnologias da informação e da comunicação (TICs). Vida cotidiana. Autonomia. Educação de jovens e adultos (EJA)

Biografia do Autor

Eliane Apolinário Vieira Avelar, Universidade Federal de Minas Gerais
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFMG.
Alcenir Soares dos Reis, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFMG.
Publicado
2018-10-04
Seção
Pesquisas em andamento