Patrimônio cultural imaterial na perspectiva da Ciência da Informação: análise das produções científicas apresentadas no grupo de trabalho informação e memória no Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação

  • Ana Lúcia Tavares de Oliveira Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Maria Nilza Barbosa Rosa Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Bernardina Maria Juvenal Freire de Oliveira Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Izabel França de Lima Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Resumo

A Ciência da Informação é um estrado interdisciplinar, sobretudo, preocupada em coletar, tratar, analisar, classificar, armazenar, recuperar e disseminar a informação. Trata-se de uma ciência que se propõe a estudar a informação desde a sua origem até o processo de transformar dados em informação. A Ciência da Informação é uma área do conhecimento que também se propõe a pesquisar o patrimônio cultural imaterial considerando este um elemento capaz de salvaguardar os fatos pertinentes a memória da sociedade. Esta pesquisa objetiva analisar as produções científicas acerca do patrimônio cultural imaterial, apresentadas no Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (Enancib) entre os anos de 2010-2016, especificamente, as expostas no Grupo de Trabalho informação e memória, instituído no ano de 2010, além de apresentar os títulos dos trabalhos com seus respectivos autores e as conclusões que os mesmos sinalizam nas suas pesquisas. O arcabouço teórico-metodológico pautou-se na análise de conteúdo sob a perspectiva de Bardin (2011) e Franco (2012). As produções científicas acerca do patrimônio cultural imaterial presentes nos Anais do Enancib são relevantes na reconstrução da memória cultural, porém estas ainda são incipientes para atender as perspectivas da sociedade da informação.

Palavras-chave: Patrimônio cultural imaterial. ENANCIB. Produção científica. Ciência da Informação.

Link: http://racin.arquivologiauepb.com.br/edicoes/v5_n2/racin_v5_n2_artigo07.pdf

Biografia do Autor

Ana Lúcia Tavares de Oliveira, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Mestranda no Programa de PósGraduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Especialista em Educação em Direitos Humanos (2009) pela UFPB e em Psicopedagogia (2008) pelo Centro Universitário de João Pessoa. Graduada em Arquivologia (2015) pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e em Pedagogia (2007) pela UFPB.
Maria Nilza Barbosa Rosa, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Pós-doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Doutora em Letras (2006) e mestra em Ciência da Informação (1998) pela UFPB. Graduada em Pedagogia (1987) pela Associação Educativa Evangélica. Vice-líder do "Grupo de Pesquisa em Cultura, Informação, Memória e Patrimônio" (GECIMP).
Bernardina Maria Juvenal Freire de Oliveira, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Professora adjunta do departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Doutora em Letras (2009), mestra (1999) e graduada em Biblioteconomia (1988) pela UFPB. Líder do "Grupo de Pesquisa em Cultura, Informação, Memória e Patrimônio" (GECIMP).
Izabel França de Lima, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Professora adjunta do departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Doutora em Ciência da Informação (2012) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestra em Educação (2007), especialista em Gestão de Unidades de Informação (2006), graduada em Biblioteconomia (1989) e em Administração (1999) pela UFPB
Publicado
2018-10-20
Seção
Resumos de artigos científicos