A biblioteca universitária híbrida como espaço de memória

  • Rubens da Costa Silva Filho Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

As bibliotecas universitárias resguardam os conhecimentos gerados nas instituições de ensino onde estão inseridas, além disso, reúnem, organizam e disseminam as produções de cunho cultural e técnico-científico no âmbito de suas instituições. A biblioteca universitária caracteriza-se como espaço da memória científica dentro de uma universidade, pois é o local onde é reunida a produção científica gerada na instituição. Além de preservar a memória das universidades, a biblioteca proporciona a multiplicação do conhecimento gerando através de seu acervo novos conhecimentos. Os espaços de memória como bibliotecas, museus e arquivos devem se adaptar aos novos tempos, proporcionando novas formas de reunir, organizar e promover a memória das instituições, dos grupos e dos indivíduos.

Palavras-chave: Espaço de memória. Biblioteca universitária. Biblioteca híbrida. Repositórios institucionais.

Link: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1369/pdf

Biografia do Autor

Rubens da Costa Silva Filho, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutorando em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em memória Social e Bens Culturais pela Universidade La Salle (UNILASALLE).
Publicado
2018-10-20
Seção
Resumos de artigos científicos