A produção nacional sobre epistemologia em ciência da informação: aspectos teóricos e filosóficos (2003-2018)

  • Cezar Karpinski Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
  • Leonardo Hermes Lemos Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
  • Evelin Melo Mintegui Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
  • Ermeson Nathan Pereira Alves Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
  • Keitty Rodrigues Vieira Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
  • Luciana Bergamo Marques Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
  • Sabrina Martins Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Alan de Hollanda Vieira Guerner Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Resumo

Investiga as relações entre epistemologia e ciência no campo disciplinar da Ciência da Informação (CI) a partir da seguinte pergunta: Como definir o campo epistemológico da CI de forma a incorporar o discurso contemporâneo da Epistemologia? O objetivo geral é o de construir um panorama nacional da produção científica sobre Epistemologia em CI, mapeando o seu referencial teórico ou filosófico. Especificamente objetiva-se: realizar um levantamento bibliográfico sobre Epistemologia em CI no Brasil; analisar o conteúdo das publicações que se propõem a discutir Epistemologia em CI; Diagnosticar a incidência e repercussão das discussões que permeiam os estudos sobre Epistemologia Contemporânea nas áreas da CI; Investigar o referencial teórico utilizado para constituição do campo de estudos epistemológicos em CI; Apontar lacunas, críticas e alcance interdisciplinar das publicações sobre Epistemologia em CI no Brasil; e Propor/discutir novas abordagens teóricas a partir de temáticas e autores que têm se destacado no cenário epistemológico nacional. A pesquisa se classifica como básica, qualitativa, exploratória e bibliográfica, sendo que cada uma das etapas contará com metodologia e técnica pertinente ao seu escopo. Como resultados espera-se aprofundar a reflexão e o debate sobre a temática no âmbito institucional da equipe do projeto, recolher subsídios para potencializar o ensino de Epistemologia nas disciplinas de pós-graduação em Ciência da Informação e contribuir para a reflexão teórica acerca da interdisciplinaridade na CI nos estudos de mestrado e doutorado, especialmente

Biografia do Autor

Cezar Karpinski, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
Professor Adjunto IV da Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Ciência da Informação. Bacharel em Filosofia, mestre e doutor em História. Atuação e pesquisa na área de Ciência da Informação, nas interfaces: Informação e Memória; Estudos históricos e epistemológicos da Ciência da Informação; História dos Arquivos e das Bibliotecas; Patrimônio cultural, natural e documental; Ciência da Informação e Interdisciplinaridade; Informação e Movimentos Sociais. Na área de História é especialista em História e Meio Ambiente, Rio Iguaçu (Séculos XIX e XX), Patrimônio Ambiental, Cataratas e Parque Nacional do Iguaçu, Hidrelétricas e História Oral. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e Membro do Grupo de Pesquisa Organização do Conhecimento e Gestão Documental.
Leonardo Hermes Lemos, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Doutorando do Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação, da Universidade Federal de Santa Catarina, estando na linha de pesquisa: Organização, Representação e Mediação da Informação e do Conhecimento. Mestre pelo mesmo programa e Universidade. Bacharel em Museologia pela mesma Universidade (2015). Participa do grupo de pesquisa: Organização do Conhecimento e Gestão Documental. Também foi bolsista do Núcleo de Estudos Açorianos (2012/2015) NEA/UFSC, onde trabalhou com levantamento de acervos, banco de dados, conservação preventiva e exposições.
Evelin Melo Mintegui, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
Arquivista, Cientista Social, Especialista em Gestão de Arquivos e Mestra em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria. Desde 2012 atua como docente no Curso de Arquivologia da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina (PGCIN - UFSC), membro do Grupo de Pesquisa Organização do Conhecimento e Gestão Documental, do Departamento de Ciência da Informação, Centro de Educação e Informação (CEI) da Universidade Federal de Santa Catarina.
Ermeson Nathan Pereira Alves, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
Professor Assistente A (substituto) do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas - UFAL. Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE e Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Cariri - UFCA. Desenvolve pesquisa e atua sob as seguintes temáticas: Informação (conceito e epistemologia); Ansiedade de Informação; Metodologia da Pesquisa Científica; Fundamentos teóricos; Memória (conceito e epistemologia) e Cultura e seus desdobramentos. Revisor de periódico da Revista Eletrônica do Curso de Direito (Qualis A1) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
Keitty Rodrigues Vieira, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PGCIN) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com graduação em Biblioteconomia e Habilitação em Gestão da Informação pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC / 2013 - 2016). Atualmente é membro do Grupo de Pesquisa Organização do Conhecimento e Gestão Documental - KOD (UFSC). Possui interesse nas áreas relacionadas aos estudos históricos e epistemológicos da Biblioteconomia e Ciência da Informação, organização e representação do conhecimento e da informação.
Luciana Bergamo Marques, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com o projeto "A memória documental de bibliotecas universitárias da Região Sul do Brasil: no encalço da realidade de preservação documental". Membro estudante do grupo de pesquisa do CNPq "Organização do Conhecimento e Gestão Documental" da UFSC. Bibliotecária no Serviço de Competência em Informação e Suporte à Pesquisa da Biblioteca Universitária/UFSC. Especialista em Administração, Gestão Pública e Políticas Sociais pela UNIESC.
Sabrina Martins, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011) e Pós-Graduação em Gestão de Pessoas pela UNIESC - Faculdade Dom Bosco (2013). Cursando Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista de Iniciação Científica. Membro do Grupo de Pesquisa Organização do Conhecimento e Gestão Documental (KOD).
Alan de Hollanda Vieira Guerner, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Estudante do curso de Biblioteconomia da UFSC. Graduado em História pela mesma universidade onde participou de projetos como o PIBID História e Santa Afro Catarina. Atua como voluntário em projeto de pesquisa na área de estudos históricos e epistemológicos em CI.
Publicado
2018-11-28
Seção
Pesquisas em andamento