Políticas públicas e legislação arquivística no brasil

  • Cintia Aparecida Chagas Arreguy Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG
  • Renato Pinto Venâncio Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

Apresenta resultados parciais de tese de doutorado defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, em 2016. Discute conceitos relativos à política pública e política pública arquivística. Traz um breve panorama do processo de tentativa de implementação de uma política pública arquivística no Brasil, com base no modelo sistêmico e conclui pela inadequação desse modelo para esse tipo de política em um país de regime federalista como o Brasil.

Palavras-chave: Política arquivística. Brasil. Administração pública. Sistemas de Arquivos.

Link:http://www.aaerj.org.br/ojs/index.php/informacaoarquivistica/article/view/207/113

Biografia do Autor

Cintia Aparecida Chagas Arreguy, Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG
Professora Adjunta da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG) e do PPGCI/UFMG; Doutora em Ciência da Informação pela UFMG, Mestre em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro (FJP) e graduada em História pela UFMG.
Renato Pinto Venâncio, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Professor na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Pesquisador do CNPq; Graduado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), mestre pela Universidade de São Paulo (USP), doutor pela Universidade de Paris IV - Sorbonne e pós-doutorado pela USP.
Publicado
2018-11-19
Seção
Resumos de artigos científicos