A preservação da memória da saúde na Gestão Documental dos arquivos hospitalares

  • Rosane Oliveira Ramos Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte-SESAP

Resumo

Os hospitais são organizações prestadoras de serviços de assistência em saúde e produzem documentos relacionados as suas atividades meio e fim. Ao fim de seu valor de utilização primário, os documentos que alcançam valor histórico, são custodiados pelos arquivos permanentes de acordo com a política de gestão documental e a legislação vigente. Este estudo objetiva analisar o papel da gestão documental na preservação da memória da saúde nos documentos dos arquivos hospitalares. Utiliza o método de revisão de literatura, através de pesquisa em livros, artigos e sites. Descreve as características gerais das organizações hospitalares. Conceitua os documentos e o seu valor primário e secundário. Analisa a importância do prontuário do paciente para a memória da saúde.  Identifica o papel dos arquivos hospitalares como instituições de memória.  Constata a importância da gestão e das ações de preservação documental para a preservação e acesso à memória social da saúde.

Palavras-chave: Arquivos hospitalares. Documentação hospitalar. Gestão documental. Sistema de memória social da saúde.

https://periodicos.ufrn.br/informacao/article/view/13671

Publicado
2018-11-25
Seção
Resumos de artigos científicos