Aspectos epistemológicos da ciência da informação e o comportamento informacional: diálogos com Borko, Le Coadic e Saracevic

Resumo

Os estudos sobre usuários e seus comportamentos no que tange à busca por informação tem demonstrado o quanto o aspecto humano-social tem sido valorizado pelas ciências, sobretudo na Ciência da Informação. Portanto, apresenta-se pesquisa preliminar, cujo objetivo é discorrer alguns aspectos epistemológicos da Ciência da Informação, bem como os estudos do comportamento informacional, tendo como base teórica as reflexões apresentadas por Borko, Le Coadic e Saracevic. Por meio de pesquisa descritiva e bibliográfica de abordagem dedutiva, confirmou-se que a Ciência da Informação estuda o objeto informação e os procedimentos para coleta, armazenagem e uso desse recurso, caracterizando-se como uma ciência interdisciplinar, influenciada pelas tecnologias da informação e comunicação, cujas origens desse campo científico remetem aos reflexos do desenvolvimento científico e tecnológico do século XX. Além disso, concluiu-se que os estudos das necessidades e do uso da informação, com foco no usuário, viabiliza a importância do ser humano, como principal elemento do processo informacional, sendo que os estudos vêm se aperfeiçoando, em que são investigadas questões comportamentais quanto ao uso dos recursos, produtos, serviços e sistemas de informação.

Palavras-chave: Ciência da informação. Estudo de uso. Estudo de usuários. Comportamento informacional. Link: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8649807

Biografia do Autor

Jorge Santa Anna, Universidade Federal de Minas Gerais
Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES, 2012). Atualmente, é mestrando do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
Publicado
2018-12-05
Seção
Resumos de artigos científicos