Inserção de disciplinas sobre competência informacional nos cursos de Biblioteconomia do Brasil

  • Marta Leandro da Mata Universidade Federal do Espírito Santo
  • Helen Castro Silva Casarin Universidade Estadual Paulista UNESP

Resumo

O bibliotecário é considerado um dos principais responsáveis por divulgar, às instituições educacionais e ao seu corpo de profissionais, a proposta da competência informacional, de modo a promovê-la como parte integrante do processo de ensino-aprendizagem. Neste âmbito, algumas questões sobre a formação deste profissional devem ser objeto de reflexão: será que os cursos de Biblioteconomia têm contemplado, em suas matrizes curriculares, disciplinas voltadas especificamente para a Competência informacional? Teve-se como objetivo verificar como as disciplinas de competência informacional têm sido abordadas nos cursos de Biblioteconomia no Brasil, descrevendo seus principais conteúdos, com ênfase no conceito, nos tipos de programas, nos locais de aplicação, na formação didática, nas habilidades informacionais, nos recursos de aprendizagem e no papel educacional do bibliotecário. Neste sentido, fez-se uma pesquisa de caráter de qualitativo, realizando-se análise de conteúdo dos currículos e dos planos de ensino dos cursos de graduação de Biblioteconomia. Constatou-se que 10 dos 39 cursos no Brasil possuem disciplinas de competência informacional, sendo que sete destes são disciplinas de caráter obrigatório e três são optativas, propiciando maior abrangência acerca do tema aos alunos, bem como possuem conteúdos significativos em suas ementas e no conteúdo programático, contribuindo para a formação de formadores/instrutores em programas de competência informacional.

Palavras-chave: Competência em Informação. Biblioteconomia. Formação do bibliotecário. Disciplinas de Competência Informacional.

Link: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2018v23n51p1

Publicado
2018-12-05
Seção
Resumos de artigos científicos