Biblioteca escolar: espaço de interação e integração da ação leitora

  • Ilsa do Carmo Vieira Goulart Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.
  • Eliane Gonçalves dos Reis Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.
  • Fernanda Vilela Castro Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.

Resumo

Resumo: Este estudo insurge das dificuldades, contradições e iniciativas observadas nas práticas de uso do espaço das bibliotecas escolares pelos educadores e estudantes. Apoiados na premissa de que as bibliotecas se configuram como espaço propício para a construção de práticas de leitura, assume-se como objetivos apresentar e refletir sobre o que diferentes referenciais teóricos abordam a respeito da forma mais adequada de utilização do espaço físico das bibliotecas escolares, como também conhecer como estes espaços são aproveitados em escolas públicas municipais.Para isso, recorre-se a uma pesquisa qualitativa, a partir de dois estudos de caso, tomando como procedimento investigativo a observação e registros de imagens, em que se relatam experiências vivenciadas em duas bibliotecas escolares de uma cidade da região metropolitana de Belo Horizonte. A reflexão teórica apoia-se nos estudos de Silva (1995), Pereira (2006), Pimentel, Bernardes e Santana (2007), Arena (2009), Klebis (2010), entre outros autores que discutem a temática das bibliotecas escolares. O estudo questiona parâmetros de funcionamento das bibliotecas e descrevem como estes ambientes são utilizados, destacando o papel significativo e mediador tanto do espaço físico e quanto daqueles que estão como os responsáveis. Os resultados apresentam as contradições em relação à função do profissional bibliotecário e às atividades a serem desenvolvidas nas bibliotecas escolares. Ressaltam-se que as bibliotecas escolares consistem em espaço de interação de ideias e saberes.

Palavras-chave: Biblioteca escolar. Espaço físico das bibliotecas escolares. Biblioteca escolar e práticas de leitura.

Link: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1429/pdf 

Biografia do Autor

Ilsa do Carmo Vieira Goulart, Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.
Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (FE/UNICAMP). Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (FE/UNICAMP). Especialista em psicopedagogia pela UCB. Graduação em Letras pela Fundação do Ensino Superior do Vale do Sapucaí. Profa. do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.
Eliane Gonçalves dos Reis, Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.
Graduação em Letras, UFLA.
Fernanda Vilela Castro, Universidade Federal de Lavras (UFLA). Campus Universitário de Lavras/MG.
Graduação em Letras, UFLA.
Publicado
2019-02-27
Seção
Resumos de artigos científicos