A inter-relação entre o processo de inteligência competitiva e a gestão da inovação: proposição de um modelo teórico integrativo

  • Thaís Silva Universidade Federal de Minas Gerais
  • Júlia Mudrik Universidade Federal de Minas Gerais
  • Frederico Vidigalc Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

Introdução: Frente às incertezas inerentes ao processo de inovação e às instabilidades dos mercados cada vez mais competitivos, diversos métodos e técnicas tem sido utilizados pelas empresas como apoio ao processo de desenvolvimento de novos produtos e da inovação em si. Apesar das práticas de Inteligência Competitiva (IC) serem reconhecidas como um processo estratégico de apoio à tomada de decisão, poucos trabalhos exploram de forma mais detalhada como os ciclos de IC podem ser incorporados ao processo de gestão da inovação de forma a robustece-lo. Objetivos: Propor um modelo teórico integrativo das práticas de IC com o modelo de inovação Stage-Gate®. Metodologia: Revisão de literatura. Resultados: Modelo teórico integrativo do Stage-Gate® com os ciclos de IC, no qual um ciclo único está associado às etapas relacionadas ao nível estratégico do processo enquanto ciclos específicos são associados a cada um dos projeto de produto separadamente. Conclusões: A integração dos modelos contribui positivamente para os resultados empresariais ao estimular uma cadeia de agregação de valor em conhecimento que permite a redução contínua das incertezas, bem como maior conhecimento do mercado e dos clientes, dando suporte a tomada de decisão durante todo o processo de inovação. Ressalta-se assim a complementariedade e vantagens do uso combinado das abordagens aqui tratadas.

Palavras chave: Gestão da Inovação. Inteligência Competitiva. Tomada de Decisão. Ciclo de Inteligência. Modelo Conceitual.

Link:http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/27872/24211

Biografia do Autor

Thaís Silva, Universidade Federal de Minas Gerais
Doutoranda em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (CEPEAD/FACEUFMG).
Júlia Mudrik, Universidade Federal de Minas Gerais
Mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (CEPEAD/FACE-UFMG).
Frederico Vidigalc, Universidade Federal de Minas Gerais
Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (ECI-UFMG). Professor do curso de Administração no grupo IBMEC.
Publicado
2019-03-07
Seção
Resumos de artigos científicos