Estudo dos aspectos humanos da segurança da informação aplicado na Pró-Reitoria de gestão de pessoas da Universidade Federal da Paraíba - UFPB

  • Wagner Junqueira de Araújo Universidade Federal da Paraíba, Brasil
  • Sueny Gomes Leda Araújo Universidade Federal da Paraíba
  • Rafaela Romaniuc Batista Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Introdução: O universo de atividades que permeia a tecnologia da informação está sujeito a várias formas de ameaças que comprometem seriamente sua segurança. A própria tecnologia é responsável por fornecer parte da solução para esses problemas. Porém, parte das vulnerabilidades e ameaças a que os sistemas de informação estão expostos podem ser atribuídas às deficiências nos procedimentos organizacionais e ao comportamento humano. Nesse contexto, torna-se salutar estudar, sob a ótica da Ciência da Informação, uma das variáveis  subjetivas do processo de segurança da informação, que está relacionada às pessoas. Para tanto, este trabalho apresenta um relato de experiência sobre o comportamento dos servidores da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – Progep da Universidade Federal da Paraíba – UFPB com relação à segurança da informação. Objetivo: Identificar quais as ações de segurança da informação, relacionadas aos aspectos humanos, são utilizadas pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas – Progep da Universidade Federal da Paraíba – UFPB. Metodologia: Essa pesquisa caracterizou-se como sendo de cunho descritivo, com abordagem quanti-qualitativa. Para coleta de dados foi aplicado um questionário online enviado por e-mail aos servidores da Progep, durante o período compreendido entre os dias 11 e 25 de julho de 2014. Resultados: Foi verificado que 93% dos respondentes não possuíam conhecimentos sobre segurança da informação, 50% raramente trocam suas senhas. Contudo, destaca-se que 60% se recusaram a passar o antivírus em suas estações de trabalho. Conclusões: Foi identificada a inexistência de procedimentos para sensibilizar os servidores da importância de manter as informações organizacionais em segurança, bem como a falta de uma política de segurança que oriente como se comportar diante de eventuais ameaças.

Palavras chave: Gestão da segurança da informação. Política de segurança da informação. Aspectos humanos da segurança da informação. Gestão de pessoas.

Link:http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/22337/24218

Biografia do Autor

Wagner Junqueira de Araújo, Universidade Federal da Paraíba, Brasil
Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UnB). Professor do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Sueny Gomes Leda Araújo, Universidade Federal da Paraíba
Doutoranda em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Rafaela Romaniuc Batista, Universidade Federal da Paraíba
Doutoranda em Ciência da Informação Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Publicado
2019-03-07
Seção
Resumos de artigos científicos