Fotografia como dispositivo da memória institucional

Resumo

Este trabalho aborda a questão da fotografia como dispositivo para a memória institucional e, dessa forma, apresenta conceitos do que vem a ser memória e memória institucional. Nesse sentido, a pesquisa descreve a fotografia como documento, em consequência, explica a importância e a relação da fotografia como um dispositivo para a memória. A pesquisa caracterizou-se como bibliográfica e o levantamento bibliográfico foi realizado na base BRAPCI, com o objetivo geral de demonstrar a fotografia como um dispositivo para a memória institucional. Os resultados elucidaram a relação entre fotografia e memória, destacando a primeira enquanto um dispositivo de memória institucional.

Palavras-chave: Memória. Memória institucional. Fotografia.

Link do artigo: http://revista.ibict.br/fiinf/article/view/4339/3745

Biografia do Autor

Carla Beatriz Marques Felipe, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

Mestre em Ciência da Informação pela UFPE. Bacharel em Biblioteconomia pela UFRN. Professora Assistente na UFRJ.

Fabio Assis Pinho, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE.

Doutor e Mestre em Ciência da Informação pela UNESP. Bacharel em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela UFSCar. Professor no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (Mestrado e Doutorado Acadêmicos) da UFPE.

Publicado
2019-04-01
Seção
Resumos de artigos científicos