Dispositivos de informação: arquivos, memórias e informação

  • Derek Warwick da Silva Tavares Universidade Federal da Bahia
  • José Mauro Matheus Loureiro Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Resumo

O artigo aborda as dinâmicas do fenômeno informação como instrumento de desenvolvimento das lógicas e dos valores presentes nos quadros da memória, construídos e geridos no interior dos espaços arquivísticos. Para tanto, este estudo privilegia a noção de “dispositivo” tal como elaborada na obra de Michel Foucault e uma de suas derivações como os “dispositivos de informação”, além ainda das concepções filosóficas e sociológicas sobre a memória social e o arquivo. Os conceitos e as noções empregadas são desenvolvidos em uma perspectiva privilegiada da inter-relação entre Ciência da Informação, Filosofia e Ciências Sociais, permitindo perceber que o movimento entre a informação, os arquivos e as memórias, quando ativado no interior desses “dispositivos”, delineia tipos específicos de saber, poder e sujeitos submetidos a contextos sociais, políticos e econômicos específicos. Conclui-se ao fim que a memória coletiva constitui-se como um “dispositivo” composto de discursos de verdade, apresentado na condição de arquivo, isto é, como conjunto de regras que facultam o emergir, em uma determinada época, de um tipo de discurso capaz de agir sobre os homens, tornando-os sujeitos de certo conjunto de memórias.

Palavras-chave: Arquivo; Ciência da informação; Dispositivo; Informação; Memória.

Link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-37862017000100073&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt#fn1

Biografia do Autor

Derek Warwick da Silva Tavares, Universidade Federal da Bahia
Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação.
Publicado
2019-03-16
Seção
Resumos de artigos científicos