Preservação de objetos acessíveis em bibliotecas digitais e os aspectos de vulnerabilidades

  • Christiane Gomes dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil
  • Wagner Junqueira de Araújo Universidade Federal da Paraíba, Departamento de Ciência da Informação, João Pessoa, PB, Brasil

Resumo

RESUMO

As bibliotecas digitais são serviços constituídos por recursos técnicos e humanos que possibilitam a seleção, organização, armazenamento, preservação e compartilhamento de informações para comunidades, organizações e grupos específicos. Estudos acerca dessas bibliotecas apontam diversas aplicabilidades para o desenvolvimento de suas implantações. Esta pesquisa teve como objetivo conhecer as vulnerabilidades existentes em bibliotecas digitais voltadas para usuários com deficiência visual. Para tanto, estabeleceu-se uma metodologia que procurou identificar e analisar os tipos de vulnerabilidades existentes no contexto das bibliotecas digitais acessíveis, com base em aplicações de testes de penetração e especificação de níveis de riscos com a utilização da ferramenta Netsparker 3.1 em bibliotecas que utilizam plataformas de gerenciamento de objetos digitais. A pesquisa ocorreu em âmbito brasileiro, nas seguintes bibliotecas: Biblioteca Digital e Sonora da Universidade de Brasília (BDS/UnB), Biblioteca Digital Acessível do Ministério da Educação (BDA/MEC) e o Repositório de Informação Acessível da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (RIA/UFRN), evidenciando a importância de avaliações de riscos, e a elaboração de estratégias para o fortalecimento dos mecanismos de defesa para eventuais ameaças a que estejam expostas essas bibliotecas.

 

PALAVRAS-CHAVE: Bibliotecas digitais, Deficiente visuais, Estudo de usuários, Objeto digital acessível, Preservação digital, Usuários com deficiência visual, Vulnerabilidade

 

 

Publicado
2019-04-01
Seção
Resumos de artigos científicos