Memórias e histórias do departamento de bibliotecas escolares e comunitárias de Florianópolis: 1988 a 2018

  • Tatiana Quadra e Silva Capistrano Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Tânia Regina da Rocha Unglaub Universidade do Estado de Santa Catarina

Resumo

A memória está relacionada com a construção de armazenamentos de informações e fatos vivenciados. Entende-se que ela é a matéria prima da história, e é considerada um dos alicerces que dá sentido à vida, a sociedade e a uma instituição. Dentre as classificações de estudos sobre memória há a memória institucional, que tem como objetivo manter viva e pública a trajetória de instituições, por meio de relatos, fotos, documentos e/ou objetos, que de forma organizada e com informações consistentes transmitem a história do local. Com essa concepção, este artigo apresenta a origem e trajetória da atuação do Departamento de Bibliotecas Escolares e Comunitárias (DEBEC) da rede municipal de Florianópolis, que engloba os anos de 1988 a 2018. Esse estudo faz parte de uma pesquisa de mestrado profissional em andamento, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação da Universidade do Estado de Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa histórica, desenvolvida por estudos bibliográficos, exame a fontes documentais e entrevistas a protagonistas que fizeram parte dessa história. Assim como tece uma colcha de retalhos, essa pesquisa foi construída. Um depoimento aqui e outro documento acolá encontraram e teceram a trajetória histórica dessa instituição. A temática surgiu devido a aproximação da pesquisadora com as atividades e projetos criados e desenvolvidos por esse Departamento junto aos bibliotecários da rede. Os resultados obtidos contribuíram para de suprir a lacuna sobre a memória institucional do Departamento e produzir reflexões sobre a importância desse Departamento para a Rede de Bibliotecas Escolares e Comunitárias de Florianópolis.

Biografia do Autor

Tatiana Quadra e Silva Capistrano, Universidade do Estado de Santa Catarina
Bibliotecária na Prefeitura Municipal de Florianópolis e mestranda no curso de Pós-Graduação em Gestão da Informação da Universidade do Estado de Santa Catarina
Tânia Regina da Rocha Unglaub, Universidade do Estado de Santa Catarina
Professora concursada (efetivo) pesquisadora e extensionista na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).
Publicado
2019-07-09
Seção
Pesquisas em andamento