Multi e interdisciplinaridade nos programas de pós-graduação em Ciência da Informação brasileiros

  • Tamie Aline Lança Universidade de São Paulo
  • Roniberto Morato Amaral Universidade Federal de São Carlos
  • Luciana Souza Gracioso Universidade Federal de São Carlos

Resumo

A Ciência da Informação surge junto à transição entre ciência moderna e pós-moderna, que originou um movimento integrador de saberes denominado de interdisciplinaridade. Atrelando-se ao fato de ter um complexo objeto de estudo – a informação, reconhece-se sua inclinação interdisciplinar. Com o crescimento dos Programas de Pós-graduação em Ciência da Informação no Brasil, tornou-se relevante identificar como ocorrem as relações interdisciplinares nesses programas. O método de pesquisa do presente artigo compreendeu a utilização da Bibliometria e da análise de redes como técnicas de análise de informações. A amostra envolveu 417 currículos Lattes de docentes vinculados aos programas de pós-graduação, no período de 2013 a 2016. Como resultados, foram caracterizados o perfil multidisciplinar e as relações interdisciplinares na Ciência da Informação, identificando-se as áreas que fornecem e as que recebem contribuições da Ciência da Informação. Concluiu-se que os resultados obtidos contribuem para instrumentalizar a compreensão da interdicisplinaridade na atividade científica da área, e consequentemente para o seu fortalecimento e visibilidade como área do conhecimento no Sistema Nacional de Pós-Graduação Brasileiro.

Palavras-chave: Ciência da Informação; Interdisciplinaridade; Multidisciplinaridade; Plataforma Lattes; Bibliometria.

Link: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/3608

Biografia do Autor

Tamie Aline Lança, Universidade de São Paulo
Mestre em Ciência da Informação - Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Bibliotecária na Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FDRP/USP).
Roniberto Morato Amaral, Universidade Federal de São Carlos
Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos (2010). Docente no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UFSCar.
Luciana Souza Gracioso, Universidade Federal de São Carlos
Doutora em Ciência da informação pela UFF/IBICT, docente do Departamento de Ciência da informação e do Programa de Pós Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade, UFSCar.
Publicado
2019-06-05
Seção
Resumos de artigos científicos