Gestão do conhecimento: tipologia a partir dos fatores contextuais da organização

  • Rodrigo Valio Dominguez Gonzalez Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Aplicadas.
  • Manoel Martins Fernando Universidade Federal de São Carlos, Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia, Departamento de Engenharia de Produção. São Carlos, SP, Brasil.
  • Tatiana Massaroli Melo Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras, Departamento de Ciências Econômicas. Araraquara, SP, Brasil.

Resumo

A gestão do conhecimento como prática capaz de trazer vantagem competitiva e inovação às firmas é um consenso entre os pesquisadores. A gestão do conhecimento é alicerçada por fatores contextuais, desenvolvidos de forma distinta pelas organizações. Dessa forma, esta pesquisa tem o propósito de identificar uma tipologia quanto ao desenvolvimento desses fatores contextuais. O estudo considera cinco constructos organizacionais relacionados à gestão do conhecimento: recursos humanos, trabalho em equipe, cultura organizacional, estrutura organizacional e desenvolvimento e absorção de conhecimento. A pesquisa é desenvolvida a partir de um survey em 78 empresas do setor automobilístico. A análise de dados é baseada nas técnicas estatísticas de análise fatorial exploratória, que desdobra as variáveis mensuráveis em fatores latentes, análise de cluster, que identifica agrupamentos de empresas, e análise discriminante, que valida a diferença estatística entre os clusters identificados. Os resultados apontam a existência de quatro agrupamentos distintos quanto à pratica da gestão do conhecimento, denominados de “Empresas Inovadoras”, “Empresas Exploradoras”, “Empresas Explotatoras” e “Empresas Retardatárias”.

Palavras-chave: Análise de cluster. Análise fatorial. Fatores contextuais. Gestão do Conhecimento. Indústria automobilística.

Link: http://www.scielo.br/pdf/tinf/v30n2/0103-3786-tinf-30-2-0249.pdf

Biografia do Autor

Rodrigo Valio Dominguez Gonzalez, Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Aplicadas.
Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos, Brasil(2011)
Professor Doutor MS-3 da Universidade Estadual de Campinas , Brasil
Manoel Martins Fernando, Universidade Federal de São Carlos, Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia, Departamento de Engenharia de Produção. São Carlos, SP, Brasil.
Doutorado em Engenharia Mecânica São Carlos pela Universidade de São Paulo, Brasil(1999)
Professor Associado da Universidade Federal de São Carlos , Brasil
Tatiana Massaroli Melo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Letras, Departamento de Ciências Econômicas. Araraquara, SP, Brasil.
Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil(2011)
Professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho , Brasil
Publicado
2019-06-05
Seção
Resumos de artigos científicos