Rede de bibliotecas escolares em Portugal: um programa modelo

  • Claudio Marcondes Castro Filho Universidade de São Paulo

Resumo

Este artigo pretende descrever alguns aspectos do Programa de Rede de Bibliotecas Escolares – PRBE de Portugal. Um dos objetivos é apresentar ao leitor brasileiro os princípios, a estrutura e as ações do PRBE, de modo a poder proporcionar subsídios de informação e inspiração para reflexões e práticas sobre um projeto de rede de bibliotecas escolares em âmbito nacional. O PRBE procura se desenvolver em uma filosofia de Rede, com parcerias de diferentes agentes educativos, provenientes de diversos estratos da sociedade portuguesa. O artigo também aborda considerações sobre origens, princípios, padrões de qualidade, funções, ações e projetos do Programa. Com relação aos procedimentos metodológicos, utilizamos como método científico a pesquisa exploratória e a entrevista como técnica de investigação. Como considerações finais, pode se dizer que o PRBE contribui para a formação social e política do cidadão, pois é um espaço que, dada sua natureza, promove a leitura e o conhecimento.Palavras-chave: Biblioteca Escolar. Programa de Rede de Bibliotecas Escolares - PRBE Portugal. Rede de Bibliotecas Escolares - RBE. Link: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/38058

Biografia do Autor

Claudio Marcondes Castro Filho, Universidade de São Paulo
Doutor em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo, Brasil. Livre-Docente em Políticas Públicas e Formação Profissional da Informação pela Universidade de São Paulo, Brasil. Professor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Brasil.
Publicado
2019-06-05
Seção
Resumos de artigos científicos